Sustentabilidade - 25 de outubro, 2019

Sustentabilidade e tecnologia no Pantanal

  •  
Sustentabilidade no Pantanal

Por mais que “tecnologia” e “sustentabilidade” pareçam conceitos muito distantes, a tecnologia tem cumprido um papel essencial na manutenção da sustentabilidade nos últimos anos. Através de aplicativos, bancos de dados, análises e diagnósticos, os avanços tecnológicos permitem, cada vez mais, que seja possível alcançar os níveis ideais de sustentabilidade no planeta.

Um ótimo exemplo desse trabalho em conjunto é a ferramenta desenvolvida pela Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa). Chamada de Fazenda Pantaneira Sustentável (FPS), o aplicativo conta com um software de lógica difusa que permite avaliar se uma propriedade rural é sustentável. A tecnologia avalia três principais indicadores para chegar a essa conclusão: ambiental, econômico e social.

Considerado uma das maiores planícies úmidas contínuas do mundo, o Pantanal é uma área que se estende pelos estados de Mato Grosso do Sul e Mato Grosso, e tem a criação de gado de corte como uma de suas principais atividades. O projeto visa fazer com que essas propriedades possam continuar com suas atividades, mas sem afetar negativamente o ecossistema pantaneiro, tão único e cheio de particularidades. Segundo os desenvolvedores, os produtores do Pantanal tem uma grande preocupação com o meio ambiente, já que as ações negativas contra ele são devolvidas pela natureza na forma de enchentes, pragas, secas, entre outros.

A adesão ao projeto é voluntária e exige apenas que o produtor interessado em participar esteja em busca da sustentabilidade em seu negócio. De início, 15 fazendas no Mato Grosso já estão selecionadas para a fase de treinamento de aplicação do software, e em Mato Grosso do Sul, serão 12 propriedades.

Outra característica importante da ferramenta é que ela é moldável a qualquer bioma, precisando apenas dos dados essenciais de características dos ecossistemas e dos tipos de produção que se instalaram neles. A ideia é, no futuro, que o projeto possa alcançar outras áreas do Brasil e do mundo, se tornando mais um passo positivo da aplicação da tecnologia em busca da sustentabilidade.

Fonte:
https://www.beefpoint.com.br/embrapa-desenvolve-tecnologia-para-medir-o-grau-de-sustentabilidade-das-fazendas-do-pantanal/

Sustentabilidade no Pantanal

Twitter
 

Enviar por e-mail