Inovação - 18 de outubro, 2019

Sobrevivendo nos negócios: como se manter relevante em um mercado mundial competitivo

  •  
Inovação para manter a relevância no mercado

Atualmente, o mercado de produtos e serviços está mais saturado e competitivo do que nunca na história da humanidade. Dezenas de milhares de opções existem no mercado em todos os setores, e a praticidade e rapidez trazidas pelo avanço da tecnologia e da internet contribuem ainda mais para que essa escala continue a crescer exponencialmente.

E, em meio a essa perspectiva, surge a questão: como se manter relevante em um mercado mundial tão competitivo?

Essencialmente, a resposta ainda é um pouco obscura, até mesmo para os que já ultrapassaram esse obstáculo. Determinar qual foi, exatamente, o fator diferente que fez com que a Blockbuster passasse da maior rede de videolocadoras do mundo para uma empresa à falência, enquanto a Netflix começou como um pequeno negócio e hoje é uma das maiores distribuidoras de entretenimento do planeta, é quase impossível. Porém, apesar de não ser possível apontar uma fórmula precisa, existem alguns pontos em comum nas histórias de sucesso que não podem ser ignorados.

Um dos principais pontos é a inovação. Por definição, a inovação vai além de apresentar novos produtos, mas também envolve a introdução de um novo modo de utilização, uma mudança de paradigmas que vai afetar não apenas quem adquirir aquele produto ou serviço, mas também todos os próximos produtos e/ou serviços similares – exigindo que eles se adaptem a esse novo pensamento para que se mantenham relevantes. Um dos maiores exemplos desse tipo de ação é o iPhone, da Apple, que introduziu ao público um conceito de telefone celular totalmente diferente dos que existiam até então, desde suas funções operacionais até seu visual estético e sua quase-ausência de botões. Após o seu lançamento, todos os celulares de todas as marcas ao redor do mundo passaram a seguir essa tendência, que se estabeleceu como um padrão que continua a ser seguido, mesmo após mais de uma década.

Outro dos principais pontos é o olhar para o futuro. Ele também faz parte da inovação, mas vai mais além de apenas criar produtos – engloba antecipar as necessidades dos consumidores e as tendências do mercado, e estar preparado para arriscar em oportunidades e ideias que podem parecer irrelevantes no início, mas que podem mudar o mundo no futuro.

E, claro, também existe o elusivo fator da sorte. Por mais que seja possível estudar, analisar e prever tendências, não há como garantir um sucesso futuro, então, um pouco de sorte é indispensável. Mas, dizem que sorte é quando a preparação encontra a oportunidade – por isso, esteja preparado.

Fonte:
https://bigthink.com/videos/business-survival

Inovação para manter a relevância no mercado

Twitter
 

Enviar por e-mail