Experiência - 27 de setembro, 2019

No mundo digital, o humano volta ao centro

  •  
Tecnologia aliada ao atendimento humanizado

Na sociedade atual, a tecnologia tem lugar de destaque no nosso dia a dia. De pedir comida à resolver problemas, interagimos com eletrônicos o tempo todo. A grande maioria dessas interações acontece entre humanos e robôs programados para dar respostas pré-determinadas para perguntas simples e, assim, resolver problemas de menor complexidade com rapidez e eficiência.

A princípio, toda essa automação nas interações é um ótimo avanço, considerando sua praticidade e rapidez no atendimento. Mas, por outro lado, ela acaba por causar um distanciamento entre cliente e empresa, já que não cria o laço humano que a nossa espécie exige por natureza, mesmo nas interações mais banais. Essa falta de interação faz com que o cliente se sinta apenas um número e, pode até mesmo, estimulá-lo a procurar concorrentes que forneçam à ele essa sensação de ser especial.

Para solucionar esse problema, é preciso aliar as soluções automáticas a um conceito chamado de “atendimento humanizado”. O atendimento humanizado consiste não só em colocar humanos para realizar os atendimentos, mas também, em colocar o cliente como centro de suas atividades e soluções, entendendo suas necessidades e suprindo-as da melhor maneira possível, tratando cada pessoa como única, especial e inestimável. 

Através do atendimento humanizado, é possível criar e reforçar uma relação de confiança do cliente com a empresa, superando até mesmo uma má impressão causada anteriormente. Ele também ajuda a estabelecer a fidelização e melhorar a imagem pública de uma empresa.

Exemplos de atendimento humanizado estão se tornando cada vez mais populares, já que ainda são considerados uma novidade no mercado, e acabam se tornando virais nas redes sociais com frequência. Entre os exemplos mais conhecidos estão a do banco digital que envia brinquedinhos para cachorros que mordem os cartões de seus donos, ou do restaurante que ofereceu um desconto vitalício para uma cliente que caiu na frente do estabelecimento devido à uma chuva forte.

No atendimento humanizado também é importante olhar para os funcionários com empatia e paciência. Além disso, já que ele exige um grau alto de conexão interpessoal com outros humanos, é essencial que os que estão ativamente fornecendo esse serviço também se sintam valorizados e motivados para que continuem realizando suas tarefas com excelência e invistam cada vez mais em sua criatividade e atitude positiva em seus atendimentos e soluções. Além de melhorar o clima no ambiente de trabalho, esses estímulos aumentam a produtividade e diminuem a rotatividade de funcionários.

Fonte:

https://blog.leucotron.com.br/por-que-o-atendimento-humanizado-se-tornou-tendencia-na-era-digital/

Tecnologia aliada ao atendimento humanizado

Twitter
 

Enviar por e-mail