Sustentabilidade - 04 de outubro, 2019

Natureza e tecnologia: aliadas na busca do bem-estar

  •  
Natureza e tecnologia no aumento do bem estar

Se nos últimos anos, os bichos de estimação tornaram-se as novas “crianças”, agora a tendência é outra: plantas são os novos bichos de estimação. Adquirir, cuidar e saber sobre plantas é considerado admirável, principalmente nos círculos formados por millennials. E entre muitas das praticidades que a chamada “economia sob demanda” proporciona, essa nova mania figura entre as principais.

Na “economia sob demanda”, são os consumidores que comunicam ao mercado o que querem, e o fornecedor que souber entregar um serviço personalizado, na hora e do jeito que o consumidor quer e precisa, será o escolhido – criando modelos de negócio inéditos e que dependem totalmente da Internet para funcionar. Dentro dessa categoria, os serviços de assinatura mensal já são um grande sucesso, que continuam a se popularizar, oferecendo cada vez mais opções para cada vez mais públicos diferentes.

Um desses serviços de assinatura associa a tendência do cuidado com plantas à praticidade de recebê-las em casa, com instruções precisas de como cultivá-las – injetando mais vida e disposição em seus assinantes.

A prática de cuidado com plantas é chamada de “biofilia”, palavra derivada dos termos gregos “bio” (vida) e “philia” (amor). O termo foi utilizado pela primeira vez pelo biólogo americano Edward O. Wilson, em meados dos anos 80, e define a necessidade que sentimos de estar em contato, nos relacionarmos e interagir com a natureza. A influência positiva que o contato com a natureza tem nos seres humanos já foi comprovada em dezenas de estudos, inclusive em adultos com depressão e ansiedade, crianças com distúrbios mentais, pacientes de hospitais e ambientes corporativos em geral.

Nos campos de engenharia e arquitetura esse conceito está ganhando cada vez mais força, na busca por combater o estado de urbanização em excesso que dominou a sociedade moderna. Os avanços tecnológicos nesses campos também contribuem para que os sistemas de irrigação e iluminação dessas plantas sejam gerenciados de acordo com as necessidades de cada espécie e lugar onde estão instaladas – associando tecnologia em natureza para aumentar o bem-estar da vida cotidiana.

Fonte:
https://www.wired.com/story/on-demand-economy-brings-us-something-useful-nature/

Natureza e tecnologia no aumento do bem estar

Twitter
 

Enviar por e-mail